terça-feira, 10 de março de 2009

Conta corrente

Dez... Faltam vinte e um...
Vinte e um para um velho ciclo se fechar.
Novos já se abriram. Alguns já fecharam. Outros permaneceram.
Esse se fecha. Fecha porque esta completo.
Não respiro mais seu ar. Não vejo mais com seus olhos e não sinto com sua pele.
Sou novo e serei ainda mais novo. Faltam apenas vinte e um. Pois hoje são dez.
Meus novos olhos brilham, minha nova pele é macia. Respiro um ar mais puro.
O ciclo esta completo e se fecha. Só faltam vinte e um.
Adeus mundo que não vive. Beijos que não beijei. Lugares que não conheci.
Sou novo, num novo mundo. Onde tudo tem um cheiro de intensidade. Onde se vive algumas vidas ao mesmo tempo. Cada dia me traz lições que me fazem crescer. Cada dia traz um sol mais dourado e cada noite uma lua mais prateada. Quanto tempo que eu não via a lua. Quanto tempo não beijava com paixão. Quanto tempo não agia por impulso, por vontade, por tesão. Agora faço, caminhado a passos de formiga eu vou crescendo e passo a fazer. Dia a dia. Faltam vinte e um. Só faltam vinte e um.

Um comentário:

samba disse...

liberte-se, por favor!