sábado, 31 de janeiro de 2009

Dedico a voce

Alguns amigos, ou pessoas que já leram o que escrevo, me indicam a tentar (quem sabe ate conseguir) escrever um livro. Os motivos que me passam são vários e eu os recebo como um elogio, sempre agradecendo de forma tímida ou fazendo uma piada.
A ultima indicação que tive foi de fazer uma descrição das loucuras e “pitís” das garotas que eu me envolvi. A razão que recebi foi: “Tu só pega menina doida”. Quem falou sabe o que disse e a piada de resposta já veio pronta.
No entanto, não é bem disso que quero falar. – To tão conversador nesse texto. – O que me veio ao pensamento não foi o “o que escrever” ou “ se escrever”, a minha indagação foi: “Caso eu faça, a quem indicar?”.
Acho o Maximo aquelas dedicações bem no comecinho dos livros. Tenho mais vontade de ter uma dedicação a mim do que fazê-la a alguém.
Fiquei com aquilo na cabeça um tempo. “A fulano com algum sentimento por alguma coisa que me tenha feito”. Quem eu substituiria por Fulano?
Qual sentimento eu o dedicaria?
O que uma pessoa precisaria fazer para merecer a homenagem?
É meio que uma mania me prender nessas indagações que parecem tão simples e tão complexas. Acabo, muitas vezes, por chegar em soluções insatisfatórias que vão ser questionadas por mim mesmo no futuro ou meramente abandonadas. Espero não abandonar essa.
Claro que como de praxe, cheguei a uma eterna conclusão momentânea. Na dedicação do meu livro, ainda não existente, estaria:

“Dedico esse livro com intenso agradecimento ao leitor, por fazer com que a morte das arvores que originaram o papel fosse útil, nem que seja para passar o tempo.”


Eu sei. Ficou extenso. Já vi maiores, mas achei esse muito longo. Caso o livro fosse realmente a descrição das “Mulheres da minha Vida” a dedicatória seria:

“Aos netos que ainda não tenho, para que saibam que devem amar, pois eu amei.”

Esse ao menos ficou menorzinho. O que importa é que a idéia principal me satisfez no momento. Pesando o fato que daqui que venha a produzir esse livro (se o fizer) vou ter mudado de opinião tantas vezes quanto venha a questionar a qualidade dessa frase.
E assim, como milhões já fizeram, remonto a máxima do filosofo:

“Penso, logo mudo de opinião.”

6 comentários:

Luc. disse...

Quem é você??
Como vc consegue sair de um ponto, dar voltas e retornar a ele sem se perder no caminho??
Espero encontrar esse livro um dia...

André Bezerra disse...

Qm sabe ne... pode ser q uma dia vc encontre!
e eu sou André... ´rocura no orkut por André" Bezerra q apareceu eu...

Luc. disse...

Eu vou localizar no orkut, mas antes permita-me "conhecer" um pouco por aqui, afinal é muito comum números de contatos do orkut sem que haja realmente o contato entre esses números... Eu comecei a ler as suas postagens, bom, na verdade, já li todas. Livros foram feitos com menos textos que esses e o pior: qualidade duvidosa. Com textos vazios e sem sinal de vida...
Os seus têm tanta vida!!! A propósito, sou Luciana.

André Bezerra disse...

Prazer Luciana, obrigado pelos elogios aos meus textos. A maioria é tao pessoal q n esperava q fosse tocar as outras pessoas. Vc sera sempre bem vida aqui, sempre q posso atualizo os textos. Ate a proxima visita.

Pela Colina disse...

Eu sei bem como é esse lance de dedicatória, mas tenho uma boa idéia também: você só está aqui escrevendo porque algo,óbvio pra você, te deu um impulso, seja sincero e dedique a isso. Depois vêm os leitores que são, no meu ver, importantes sim depois dessa "inspiração".
no meu caso, precisa-se de muita coragem pra admitir minha inspiração!
mas é poesia também oque você publicará no futuro ou prosa e contos?
contos nesse caso de "pitis" seria bárbaro.


(Mara)

jacksonviana disse...

POrra cara a sacada da dedicatória foi show !! Acabeo de descobrir que seu conto morreu, um pouco acima !!! Mas de cara vejo um belo texto em seguida !! Porra, mais uma vez !!(Adjetivo, do tipo tu eh foda - mais uma vez desculpas, se bem que não é hora pra frescuras!! hehe).
POis eh, eu nunca acho textos bons pra ler, viajo em tantas páginas, e enfim tow aqui. Tá valendo a pena !! Rir na Internet é sempre coisa boa. Então vou parar de papear e de já dá outros parabéns, adiantados é claro, pq sei q voui encontrar ótimos textos daqui pra baixo ....
Mais uma vez ... eu digo ... vou passar por aki mais vezes.