quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Carta de um ex-suicida

Amanhã, assim que acordar, deixe um pouco dos raios do sol invadir seus olhos, feche-os novamente logo depois. Tente esvaziar sua mente de qualquer pensamento, não é uma coisa fácil, não precisa conseguir, mas tente o fazer o máximo que puder. Assim que se sentir preparado fale com seu coração e agradeça. Isso mesmo, agradeça. Não importa a quem, não importa se você acredita em D’us, ou em qual Deles você acredita. Apenas faça.
Agradeça pelo dia que acaba de ganhar. Eu sei que o dia ainda não te deu nada nesse momento, mas alguém te deu a possibilidade de viver aquele dia e todas as coisas que podem acontecer nele. Você pode encontrar o amor da sua vida, conseguir um novo emprego e fazer coisas incríveis nele, então agradeça por isso. Por outro lado, aquele pode ser seu ultimo dia, você pode perder o emprego, bater o carro, ou ser acometido por qualquer coisa desagradável. Então agradeça, antes que perca a oportunidade ou o empenho de fazer.
Após isso, agradeça pelo dia que passou. Não importa se foi bom ou ruim. Você teve a dádiva de viver mais um dia completo, todas as 24 horas. Para alguns animais, isso é toda uma vida. Então agradeça pela oportunidade de viver tudo o que você viveu. Agradeça as novas lições, as boas e ruins.
Agradeça pelas pessoas que conheceu, mesmo que não tenha conhecido ninguém novo, pois mesmo se você não viu absolutamente ninguém, teve uma ótima oportunidade de se conhecer melhor.
Agradeça por todas as coisas boas que viu. Se viu algumas ruins agradeça também, agradeça por ter a visão. Agradeça por todas as coisas boas que comeu e se comeu alguma ruim agradeça pelo seu paladar. Agradeça por ouvir uma boa musica ou o canto dos pássaros, mas se você só ouviu buzinas no transito, agradeça por ter audição. Agradeça pelo seu olfato, mesmo que não tenha tido oportunidade de cheirar um bom perfume. Não se esqueça de agradecer pelo tato, mesmo que não tenha tido oportunidade de sentir um abraço amigo ou um beijo apaixonado.
Só então abra os olhos, vá até o espelho mais próximo e se olhe bem. Agradeça por sua beleza, por mais que só sua mãe fale dela. Agradeça pela sua juventude, mesmo que já esteja beirando os 100 anos. E, por fim, prometa que amanhã agradecerá tudo de novo. Olhe nos seus olhos para certificar de que cumprirá essa promessa.
Então você está pronto. Saia para seu novo dia e viva cada segundo que ele lhe proporcionar como se eles fossem únicos. Afinal de contas, eles são.

Um comentário:

PapoPoetico disse...

talvez você se divirta em http://papopoetico.blogspot.com/
A poesia é necessária
Tudo de bom
(talvez você me agradeça)